É tarde eu já vou indo...

A porta estará sempre aberta. Caberá a você ousar entrar, espiar, invadir e decidir descobrir o que tem do lado de dentro.
Não posso ser responsável pelas suas impressões, elas serão simplesmente suas.

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Desordem Gramatical



Foto: Autor Desconhecido

Aprendi na escola a regra da escrita.
Aprendi na vida que o sentimento é exceção à regra dita.
É dele que falo.
Por ele não calo.
Atropelo as letras, ponho os verbos na gaveta.
Abandono os pontos pra falar como eu conto o amor pela vida.
Não tem concordância que diga que o verbo é o amigo mais certo do meu substantivo.
Sou sujeito da vida, predicado de mim mesmo.
O objeto, que seja ele direto, pois é o meu sentimento que é tão intenso que não permite consenso com a regra da escrita.


Niterói/RJ - 2003 - Sem revisão

Um comentário:

Léo... disse...

nossa este texto ficou bom li, a simplicidade pra mim é a alma do bom texto, sem frases desnecessárias e ao mesmo tempo se aproveitando de abstraçoes e subjetividades,
a rima aqui tambem ta muito legal,
dá impressão mesmo que voce fez um texto sem compromisso como diz nele.
bjos...